7o Encontro do Amendoim

278

O 7o Encontro do Amendoim promovido pela Coplana – Cooperativa Agrícola no sábado, dia 16 de setembro, na Associação Nipo Brasileira, trouxe mais do que palestras técnicas, de apresentação de resultados e de análise da conjuntura econômica deste setor. Trouxe uma importante conquista que foi anunciada pelo presidente da Coplana, José Antônio Rossato Júnior: Jaboticabal vai tornar-se a Capital Nacional do Amendoim.             O merecido título foi conquistado graças à interferência da Cooperativa junto ao poder público e ao projeto de lei do deputado Marcos Vignoli, que conseguiu a aprovação na Assembleia Legislativa de São Paulo. Agora a pauta seguiu para Brasília com segurança de aprovação, uma vez que o Estado de São Paulo responde por 90% do amendoim produzido em todo o Brasil. “O Brasil é o 13o produtor de amendoim do mundo e o 5o em exportação e 90% da produção nacional está em São Paulo, sendo que um quinto passa por Jaboticabal, sendo produzido ou beneficiado aqui. De cada quatro toneladas que o Brasil exporta, uma tonelada sai de Jaboticabal, portanto nada mais justo do que dar à nossa Cidade das Rosas e Athenas Paulista o título de ‘Capital Nacional do Amendoim’. Isto revela a importância de cada um de vocês que integram esta cadeia produtiva”, salientou Rossato. O presidente da Câmara Setorial do Amendoim, Luiz Antônio dos Santos Vizeu, presente ao Encontro, cumprimentou os cooperados pelo título conquistado e destacou que isto apenas ratifica a pujança da cidade e de seus produtores. Alberto Amorim, coordenador das Câmaras Setoriais da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, também presente ao Encontro do Amendoim deste ano, concordou e declarou que “a Coplana é muito importante para a Câmara Setorial e, neste sentido, aproveito para convidar a todos para a próxima reunião da Câmara, que visa, acima de tudo, organizar a cadeia produtiva do amendoim”.  Em meio à comemoração que a notícia dada durante o 7o Encontro do Amendoim gerou, o presidente da Cooperativa aproveitou para apresentar o novo vídeo institucional da Coplana, que foi aplaudido porque conseguiu resumir o belo trabalho que a Cooperativa desenvolve. Não bastassem as duas comemorações, outro ponto forte do encontro foi a doação de um vultoso valor a duas instituições beneficentes, o Lar do Caminho, abrigo de menores, e o Hospital de Câncer de Barretos. Foram doados R$ 262.141,62, dos quais R$ 15 mil foram para o Lar do Caminho e os outros R$ 247 mil para o Hospital de Câncer. “Esta quantia, maior do que a que doamos todos os anos, foi fruto da doação de uma máquina, que foi revertida em rifas”, contou Rossato, referindo-se à colhedeira de amendoim Double Master III, doada por Luiz Hermínio Colombo, empresário de Catanduva.  O presidente da Fundação Pio XII, mantenedora do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata, compareceu ao Encontro do Amendoim e declarou seu profundo agradecimento pela verba que ajuda a manter uma obra tão importante. Luiz Antônio Zardini, gerente de Captação de Recursos, ficou surpreso com a vultosa quantia doada este ano e lembrou que o custo mensal dos atendimentos, cirurgias e tratamentos em geral do HC gira em torno de R$ 35 milhões.  Mário Fernando Berlingeri também fez um agradecimento especial à Coplana e seus cooperados pela quantia recebida, que, segundo ele, ajuda muito na manutenção do abrigo, que vive praticamente de doações de pessoas físicas, mas não com valores tão expressivos quanto o que foi doado pela Cooperativa. “                     (Renata Massafera)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.