Pelos Caminhos…

… e eu caminhei pela minha estrada… atravessei vales sombrios… escalei montanhas… escorreguei em alguns trechos da subida talvez pelo peso da mochila nas costas… enfrentei obstáculos que na época pareciam intransponíveis… até caí em um poço mas consegui sair com a ajuda dos que estavam por perto… mas também percorri vales maravilhosos com rios transparentes e sinuosos… tomei banho em cachoeiras de pura energia escondida e cavidades nas montanhas… em alguns caminhos topei com porteiras… algumas  tive que evitar passar porque levavam ao vazio… outros serviram para quebrar a monotonia da viagem e me mostraram surpresas que me deixavam em êxtase.

Conheci pessoas que me magoaram… me fizeram sentir que não era querida… mas em troca conheci outras que me trouxeram o paraíso e a alegria de viver e permanecem lá comigo… e em meio a tudo isso, a essa jornada, fui guardando memórias… fui desapegando de lembranças, dei valor a caminhada… e hoje apesar de estar ligado o alarme do acreditar desconfiando… do pisar seguro, apesar de ainda tropeçar às vezes ainda sim, sei que a vida é plena de acontecimentos que valem a penas viver… como um esportista carimbado eu sei por onde ir… e mesmo que a frente seja uma incógnita eu sei… eu aprendi a construir pontes sobre abismos… eu sei contornar o que já não consigo transpor… assim é a vida!!!

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEDITAIS DE PROCLAMAS
Próximo artigoSOCIAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.