Campanha: respeite a faixa de pedestre

326

Já virou piada, post em redes sociais e até memes (a expressão meme de Internet é usada para descrever um conceito de imagem, vídeos, gifs e/ou relacionados ao humor, que se espalha via Internet): muitos motoristas jaboticabalenses têm dificuldade em dar seta. Basta ficar próximo às escolas na hora da entrada ou saída ou ir até os locais de maior fluxo para conferir o fato.
O problema, no entanto, não se limita a Jaboticabal. Vai bem mais longe. O brasileiro ganhou fama de não ligar para este tipo de sinalização que avisa não só as conversões que serão feitas, mas também balizas e saídas do estado de estacionado para o de movimento. Ou seja, pessoas que estão com o carro estacionado e querem voltar ao tráfego simplesmente entram sem qualquer tipo de aviso prévio. O mais grave: não dar seta não é apenas uma demonstração de falta de respeito à coletividade do trânsito, mas também é passívelde multa, e ainda assim os motoristas insistem em cometer a infração e o motivo é o de sempre, a impunidade.
Para melhorar o tráfego dos veículos na cidade e criar mais harmonia com pedestres e ciclistas, o Departamento Municipal de Trânsito e Transportes (DTT) tem desenvolvido uma série de campanhas. A mais recente, que acaba de ser lançada, é a campanha para conscientizar toda a população sobre a utilização da faixa de pedestres. Diversos pontos estratégicos no município contam com faixas personalizadas que ilustram o tema.
“Sabemos que as campanhas educativas são uns dos caminhos para que possamos diminuir o número de acidentes de trânsito”, destaca o diretor do DTT, João Martins. Segundo ele, todo cuidado é pouco para evitar incidentes indesejados e até multas. “Os motoristas devem estar atentos aos pedestres e respeitar a sinalização. É aconselhado, também, que os pais e responsáveis que levam seus filhos às escolas não parem em cima da faixa de pedestres, algo que, infelizmente, acaba sendo corriqueiro”, afirma Martins, referindo-se a uma situação frequente e que causa uma série de transtornos porque uma vez que os motoristas parem ou estacionem sobre as faixas, os pedestres são obrigados a caminhar por locais que podem colocar sua vida em risco.
Para mais informações sobre a campanha, o telefone do DTT é (16) 3209-1210.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.