Como você passaria o aniversário de Jaboticabal se não tivesse a pandemia?

10

E se? E se não tivesse aparecido este vírus que mudou a rotina da maioria dos países do mundo? E se ele não tivesse chegado ao Brasil? E se Jaboticabal não tivesse nenhum caso?
E se…? Esta é uma expressão que está sendo muito utilizada ultimamente diante de um fato inesperado que mudou a vida de milhões de pessoas, tendo sido inclusive responsável pela morte de milhões, e que mostra a impermanência das coisas.
Diante desta mudança de rumo, da alteração do roteiro, da página virada com uma notícia inesperada, perguntamos a várias pessoas o que elas estariam fazendo se não tivesse a pandemia. E se você pudesse comemorar o aniversário de Jaboticabal, de que forma preferiria fazê-lo? Curtindo a Festa do Quitute? Trabalhando na festa? Viajando? Descansando?
A maioria das pessoas respondeu o que já era mesmo esperado, tendo em vista uma avaliação do movimento nos últimos anos: iria curtir a Festa do Quitute. Ariana Serra, Silvinha Homem, Márcia Regina Vantini Soares, Célia Amorin Camargo, Lidiane Andrade, Adriana Vasques Donadon, Mirian Goes, Enedina Garcia, Mônica Reis Ferreira e Monique Appolinário garantiram que estariam aproveitando a festa e saboreando os quitutes.
Aline Dibelli Balestra Pinheiro, também. “Aproveitando a Festa do Quitute, saboreando aquelas delícias e trabalhando na Barraca do Recanto Menina”, contou. Raquel Bavozi também adoraria estar na tradicional festa. “Se não tivesse esta ordem de distanciamento social, eu estaria comemorando o aniversário do meu filho caçula na Festa do Quitute. Todos os anos comemoramos junto com o aniversário da cidade”, disse Raquel.
“Com certeza fotografando a festa toda, fazendo a propaganda das deliciosas comidas das entidades, do artesanato, fotografando e fazendo muitas lives dos nossos músicos, pois Jaboticabal é a Cidade da Música. Deu uma saudade agora”, respondeu Cláudia Grotta. Miriam Goes também gostaria de estar na festa. “Saboreando quitutes no dia do aniversário de Jabuca. Amo ir na festa durante o dia”, disse.
Já Poliana Barbosa Taliberti preferia ir para São Paulo abraçar sua linda filha Mel. Martha Aparecida Trinca Bellingieri também ia viajar. Ana Paula Miani já tinha se esquematizado para passar o feriado em Minas Gerais. Érica Milani Martins, Sílvia Damásio e Fabiana de Mesquita também adorariam viajar.
Taísa Berlingieri, por sua vez, estaria trabalhando com sua família na festa. “Desde criança participo na Festa do Quitute”, contou. Izabel Del Vecchio também curte trabalhar no evento. “Sempre participamos da Feira de Artes e Artesanatos”, citou. O mesmo acontece com Ronaldo Bolognezzi, Antonio Luiz Fieno e Márcia Miquelin, que sempre trabalharam na festa. Já Naomi Cristina Meister, Mariana Borsari Briraghi, Angela Talarico, Renata Curtarelli e Tatiana Cirini preferiam descansar. Maryalda Petroucic e Orlanda Galliani iam ficar em casa. (RM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.