Diagnóstico: turismo no Brasil

152

De acordo com o The World Travel & Tourism Council (WTTC) e o Ministério do Turismo do Brasil, nosso país é a 11a economia turística do planeta e tem uma receita de US$ 158 bilhões, dos quais US$ 19, 7 bilhões são destinados a investimentos; há geração de 2,3 milhões de empregos diretos; 6,6 milhões de empregos indiretos; mais de 200 operadoras; mais de 21 mil agências; mais de 10 mil meios de hospedagem; quatro grandes companhias aéreas nacionais; mais de 90 milhões de passageiros aéreos domésticos; e mais de 100 milhões de passageiros aéreos.
A Plena Negócios e Viagens, que acompanhou as “Estatísticas do Turismo 2018” publicado pela Panrotas, lembra que os países mais visitados por brasileiros em 2017 foram, nesta ordem: Estados Unidos (1,65 milhão de turistas brasileiros); Argentina (1,24 milhão); Itália (960 mil); Portugal (869 mil); França (700 mil); Uruguai (500 mil); Chile (480 mil); Espanha (468 mil); México (346 mil); Alemanha (300 mil); Grã Bretanha (239 mil); Colômbia (209 mil); Paraguai (190 mil); Holanda (140 mil); Peru (131 mil); Canadá (126 mil); República Dominicana (93,5 mil); e África do Sul (67 mil).
De acordo com a empresária Eliene Caiado, o estudo da Panrotas apresentou também o volume de gasto dos brasileiros com viagens ao exterior nos últimos anos. Não hou um crescimento ano a ano, mas sim uma variação, com um pico em 2014, quando os brasileiros gastaram cerca de US$ 25,57 bilhões em viagens para fora do país. Em 2008, este número era de US$ 11 bilhões. No ano seguinte caiu discretamente e perfez um total de US$ 10,9 bilhões. Em 20010, um aumento: o gasto foi para US$ 15,9 bilhões. O mesmo aconteceu no ano seguinte, quando o gasto dos brasileiros em viagens ao exterior foi de 20,8 bilhões. Em 2012, aumentou mais um pouco e este valor passou para US$ 22 bilhões. Em 2013, US$ 25 bilhões, seguido do maior número da última década, que foi o registrado em 2014.
Em 2015, começa a queda e durante todo o ano, os brasileiros gastaram US$ 17,36 bilhões em viagens estrangeiras. Em 2016, a queda continuou. Durante todo o ano estes gastos passaram para US$ 14,5 bilhões. No ano passado, o turismo volta a dar uma aquecida, com os brasileiros sendo responsáveis por gastos da ordem de US$ 19 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.