Jaboticabal acaba de confirmar sua participação no Pint of Science

44

Pelo terceiro ano consecutivo, Jaboticabal vai fazer parte do maior festival mundial de divulgação científica: o Pint of Science. O evento chegou na cidade em 2018 e foi trazido pelo Prof. Dr. Guilherme Lucas, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, recebendo apoio da Unesp Jaboticabal. O professor Guilherme acreditou que Jaboticabal poderia ser mais uma das cidades a sediar o evento internacional, justamente pela presença de uma universidade e a possibilidade de compartilhar conhecimento científico com assuntos de interesse coletivo.
No primeiro ano, o Pint of Sciemce lotou o restaurante Mamma Mia e apresentou, durante os três dias em que o evento acontece simultaneamente em várias cidades do mundo, os seguintes temas: “Saúde Única”, “Aquecimento Global” e “Empatia”. No ano seguinte, 2019, o festival aconteceu em dois locais: no Novo Espaço e no Mamma Mia. No Novo Espaço, foram apresentadas as palestras “Agricultura 4.0”, “Meditação e Neurociência” e “Estamos comendo direito?”. Já no Mamma Mia, “Transgênicos”, “Agrotóxicos” e “Cirurgia plástica estética e reparadora”. Todos os assuntos foram apresentados por pesquisadores de excelência em suas áreas.
“Cada cidade pode ter um ou mais pontos de realização do festival e cada um deles apresenta temas diferentes. Isto acontece ao mesmo tempo no mundo inteiro. O objetivo é trazer o conhecimento científico, de uma forma simples e acessível, para a comunidade e, portanto, muni-la de informações que estão na fronteira do conhecimento”, explicou o coordenador do evento em Jaboticabal. Segundo o Prof. Dr. Guilherme, nesta edição o Pint of Science voltará a ser realizado em um único local. “Os temas foram tão interessantes em ambos os locais que as pessoas ficaram divididas e tiveram que escolher apenas um. O custo para trazer palestrantes de fora também aumenta muito quando tem mais de um local e, consequentemente, mais palestrantes. Toda a equipe organizadora é voluntária, bem como os palestrantes. Contamos com o apoio da Funep, Unimed, San Marino, Coplana/Socicana, Damásio Educacional/Criar, Colégio Duílio Poli, Plena Negócios e Viagem, Neomarc Comunicação, Hotel Ibis, bem como do jornal O Combate, para realizar este grande evento. Nosso objetivo é fazer com que as pessoas conheçam o que está sendo produzido em termos de pesquisa e como isto interfere em suas vidas”, comentou.
“Estamos contactando os palestrantes e eles vêm de fora. São pessoas que têm um domínio muito grande sobre os temas propostos”, disse o professor da USP, fazendo mistério sobre os temas e sobre os nomes dos palestrantes. “São pessoas que têm uma agenda muito ocupada e estamos vendo a possibilidade de se deslocarem até Jaboticabal. Logo que confirmarem, divulgaremos para vocês”, prometeu.
O Pint of Science começou em Londres, em 2013, depois que dois pesquisadores do Imperial College London, Michael Motskin e Praveen Paul, organizaram um evento chamado Encontro com Pesquisadores, em 2012. A experiência foi tão inspiradora que a dupla decidiu propor um evento em que os pesquisadores pudessem sair das universidades e institutos de pesquisa para conversar diretamente com as pessoas e assim, em maio de 2013, surgiu o Pint of Science. De lá para cá, o evento cresceu – em 2019 milhares de pesquisadores em 400 cidades e 24 países compartilharam e discutiram suas descobertas com pessoas em pubs, bares, restaurantes e cafés.
O Pint of Science foi trazido para o Brasil pela jornalista Denise Casatti, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, e ocorreu pela primeira vez em 2015, em São Carlos. Essa edição pioneira deu tão certo que várias pessoas se interessaram por levar o evento para suas cidades e, em 2016, Belo Horizonte, Campinas, Dourados, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro e São Paulo também tiveram bate-papos com cientistas. Em 2017, o número de municípios participantes subiu para 22. Em 2018, o festival cresceu ainda mais, sendo realizado em 56 cidades, uma das quais, Jaboticabal. Já em 2019, foram 83 cidades em todas as regiões do Brasil. O Pint of Science 2020 já tem dia e hora: 11, 12 e 13 de maio, a partir das 19h. Marque na agenda. Vale a pena. O evento é gratuito e só gasta quem quiser consumir comidas e bebidas do local no qual será feito. O consumo fica a critério dos participantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.