Jaboticabal e o Projeto Orquestrando

188

Aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo o lançamento do Projeto Orquestrando SP. Idealizado pelo maestro João Carlos Martins, em parceria com o Sesi-SP e a Fiesp, o projeto pretende formar 300 orquestras até 2020. Antes do concerto da Orquestra Bachiana Filarmônica Sesi SP, foram apresentados os primeiros participantes do projeto e na oportunidade Jaboticabal esteve representada pelo diretor de cultura, José Mário de Oliveira, e a regente Melissa Travaini, participante do projeto. Aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo o lançamento do Projeto Orquestrando SP. Idealizado pelo maestro João Carlos Martins, em parceria com o Sesi-SP e a Fiesp, o projeto pretende formar 300 orquestras até 2020. Antes do concerto da Orquestra Bachiana Filarmônica Sesi SP, foram apresentados os primeiros participantes do projeto e na oportunidade Jaboticabal esteve representada pelo diretor de cultura, José Mário de Oliveira, e a regente Melissa Travaini, participante do projeto. O projeto pioneiro de capacitação de regentes, faz parte do sonho do maestro João Carlos Martins, de deixar um legado na música. “O Orquestrando é uma maneira de fazer com que os maestros locais das pequenas cidades assumam a sua posição diante da sociedade. Um maestro tem uma importância incrível numa cidade e isso precisa ser conscientizado”, salienta Martins. Regente da orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP, Martins pretende superar um modelo venezuelano semelhante, o El Sistema, que nos últimos 40 anos permitiu a inclusão social de milhares de jovens por meio da música e colocou o tema na pauta de gestores culturais mundo afora. O Orquestrando é um curso no modelo EAD (educação à distância) com Técnicas e Boas Práticas para Regentes de Orquestras e Grupos Musicais visa capacitar regentes e músicos a partir de três módulos, disponibilizados on-line, desenvolvidos pelo próprio maestro e equipe do Sesi-SP. Além das técnicas para o aperfeiçoamento dos regentes, as videoaulas e todo o material didático pretendem difundir noções sobre a gestão, a manutenção financeira e a participação dessas futuras orquestras em processos de seleção e editais de incentivo à cultura. As inscrições para as duas primeiras turmas do projeto já estão encerradas – foram mais de 100 inscritos nas primeiras semanas. As vagas para as próximas turmas serão abertas posteriormente no portal www.orquestrandosaopaulo.com.br. Podem se inscrever músicos, regentes e responsáveis por bandas e orquestras de todas as partes do Estado. Os alunos aprovados no curso receberão certificado emitido pelo SESI-SP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.