Mães na linha de frente contra a Covid-19

21

Maria Helena Fernandes Amadeu é copeira e tem uma filha. Carla Nayara Comim Saho Silva é enfermeira e tem um filho. Natália Franchetto Barbuio é ginecologista e obstetra e tem uma filha. Wilza Carla dos Santos de Oliveira é recepcionista e também tem uma filha. O que estas quatro mulheres têm em comum além de cada um delas ter um único filho (a)? Todas estão na linha de frente contra a doença infecciosa que está mudando a rotina de pessoas no mundo inteiro.
A questão de serem mães com filho único foi pura coincidência, mas o fato de todas trabalharem no Hospital e Maternidade Santa Isabel não foi. Queríamos homenagear, neste domingo, as mães que estão divididas neste momento entre a vontade de ficar em casa cuidando e protegendo seus filhos e a obrigação de honrar a profissão que têm.
Este, portanto, será um Dia das Mães diferente para Maria Helena, Carla, Natália e Wilza. Uma comemoração dupla pela maternidade e pela coragem de estar convivendo com a incerteza de uma doença que ainda apresenta tantas interrogações. As quatro profissionais, que representam todas as mães que estão na linha de frente no combate ao coronavírus, são exemplo de força e determinação. Elas merecem, portanto, os parabéns dobrados, uma vez que, enquanto tantas mães podem permanecer em casa, em home office ou nos afazeres domésticos, as médicas, enfermeiras, recepcionistas, nutricionistas, copeiras, faxineiras, técnicas de enfermagem, de raios X, e todas as mães que trabalham em hospitais não têm escolha. Palmas para elas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.