Morcegos circulando de dia sugerem uma possível infestação?

219

Não. A resposta para a pergunta do título é negativa, uma vez que algumas espécies como a frugívora (que se alimenta de frutas) pode estar apenas fazendo a digestão para depois voltar para o ninho. A explicação é das Profs. Dras. Karina Búrger e Adolorata Bianco Carvalho, do Departamento de Medicina  Veterinária Preventiva e Saúde Animal da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV)/Unesp Jaboticabal. Segundo as docentes, em 11 meses dois morcegos foram encontrados com raiva em Jaboticabal: no dia 31 de maior de 2016 foi o primeiro caso, na Nova Jaboticabal, e no dia 11 de julho deste ano foi o segundo, no Sorocabano. “A raiva em animais domésticos está controlada no nosso Estado, mas há que ter atenção com os animais silvestres. A orientação é que a populaçcão nunca manipule o morcego quando o encontrar. Com uso de um balde ou de qualquer outro material que o impeça de fugir, faz-se a imobilização (caso seja à noite) e aciona a Vigilância de Vetores e Zoonoses, que dará destino certo ao animal”, explica Adolorata.  Karina complementa, informando que a população não deve (e não pode por lei) matar o morcego, uma vez que ele faz parte de um equilíbrio ambiental necessário. “O insetívoro, por exemplo, se alimenta de um volume gigantesco de insetos, ajudando até mesmo a evitar pragas em determinadas lavouras”, explicou, reforçando que a atitude correta é chamar a Zoonose para encaminhar o animal capturado para análise de laboratório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.