Solidariedade em tempos de crise

42

Tudo sempre tem um lado bom. Sempre? E em uma pandemia, que já conta com mais de 372 mil casos confirmados e mais de 16 mil mortes, segundo o relatório da Organização Mundial de Saúde, a OMS? Sim, até esta pandemia tem um lado bom: mostrar a generosidade de algumas pessoas!
Jovens e adultos estão oferecendo-se para fazer compras gratuitamente para idosos. Eles colocam cartazes em prédios ou se oferecem nas redes sociais. Outro exemplo: a Baita Pizza mandou pizza de graça para os funcionários da UPA. Imagine a alegria da turma de plantão, não só pela surpresa, mas também pelo prestígio em uma hora tão delicada.
A padaria Bom Dia está oferecendo pães gratuitamente para quem não está em condição de pagar. Colocou um cartaz anunciando e deixou uma cestas com pãezinhos embalados na porta da padaria. A UCBVET, além de produzir álcool em gel para todos seus colaboradores, doou 300 litros para a Prefeitura de Jaboticabal. O material está sendo distribuído nas unidades de saúde do município.
A Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV)/Unesp Jaboticabal colocou à disposição da Secretaria Municipal de Saúde e do Hospital e Maternidade Santa Isabel (HMSI) itens de consumo (seringas, agulhas, máscaras e aventais), medicamentos (anestésicos e antibióticos), e equipamentos, como monitores multiparamétricos, bombas de infusão e ventiladores pulmonar para o tratamento de pacientes com a Covid-19. Os itens somente serão enviados às unidades de saúde em função da demanda encaminhada à Unesp.
“Como estamos bem equipados e com as atividades suspensas, entendemos que poderíamos ajudar, colocando esses materiais e equipamentos à disposição do município e do HMSI, por meio de empréstimo, neste momento de combate à pandemia da Covid-19, em que vários itens médicos tiveram os preços elevados por causa da grande procura. Acredito que é um momento em que todos devem ajudar-se e a Unesp pode contribuir, especialmente se a situação ficar mais complicada e houver desabastecimento”, disse o diretor do Hospital Veterinário (HV), Prof. Andrigo Barboza de Nardi, lembrando que todos os materiais oferecidos são de uso humano, já que 70% dos itens do HV são da indústria farmacêutica humana.
Segundo ele, o HV gerencia os recursos dos atendimentos diários. “Não temos como doar este material, mas hora que o município e o HMSI puderem, eles nos devolvem. Já entregamos cinco mil máscaras para o HSMI. Mais 2,5 mil máscaras para o município, além de 300 aventais descartáveis de manga longa, que são importantes para conferir segurança na hora da coleta do material para diagnóstico Os aventais são para a proteção dos profissionais de saúde, durante o momento da coleta de amostras para o estabelecimento do diagnóstico da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.