O Desfile Cívico deste ano promete ser um dos mais bonitos na comemoração de 7 de Setembro. Isto porque é o Tiro de Guerra que está organizando, junto com a sociedade civil, e tem um motivo a mais para comemorar: o centenário do Tiro de Guerra, que conta com uma programação especial organizada por uma comissão de ex-atiradores.

A abertura das comemorações do centenário começa com o Desfile Cívico, que vai ser aberto com a solenidade de hasteamento das bandeiras e execução do Hino Nacional, na Praça Nove de Julho, às 8h. Em seguida, acontece o desfile militar, com o Tiro de Guerra, os Atiradores de Todos os Tempos, Vítor Santos com reencenadores e veículos militares históricos, ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Às 9h, acontece o desfile civil, que terá a participação do grupo ciclístico Catracas; moto clube Mais loucos que velozes; grupo motociclístico 26 da Norte; clube Amigos da Ferrugem; APAE; Amajab; Colégio Difere Mirante; Colégio Nossa Senhora do Carmo; Projeto Arte e Vida; Colégio Poligenes, ONG Fênix; Banda Marcial do CTA: Grupo Rastracer de Parkour; Fanfarra do Clube dos Desbravadores Integração; Rotaract; Interact; Estadão; Escoteiros Carcarás; Escolas Estaduais Dona Aurora e Antônio José Pedroso; Associação Antialcoólica; Colégio Criarte; Amigas Solidárias; Rangers; e Banda Musical São Luís, entre tantas outras entidades que ainda estão confirmando.

A realização do Desfile de 7 de Setembro é do Tiro de Guerra, que contou com a organização de Abel Zeviani e dos demais membros da comissão dos festejos do centenário, entre eles Carlos Carvalho e e Aloísio Coelho. A comemoração se estende, depois do desfile, com um jantar em homenagem ao centenário e recepção dos ex-instrutores e chefes do TG, que acontece na Estação de Eventos Cora Coralina, onde provavelmente vá acontecer também o lançamento do Livro de Memórias, relativo aos 100 anos.

No dia 11 de novembro, data exata dos centenário, segundo informações do cabo Celso de Oliveira Bomfim, haverá uma solenidade em homenagem ao aniversário de um século, com o contingente do TG, além da presença de oficiais da 2a Região Militar, STG e também de ex-chefes e instrutores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.