Diocese de Jaboticabal celebra o reconhecimento a um de seus religiosos: o monsenhor Flávio Profito

28

Na semana passada, o bispo de Jaboticabal, Dom Eduardo Pinheiro da Silva, deu uma notícia que deixou toda a Diocese de Jaboticabal em festa: o Papa Francisco, em 21 de setembro de 2019, elegeu entre os seus capelães, o padre Flávio José Profito, que atualmente reside em Roma, trabalhando como oficial da Santa Sé, na Congregação para os Bispos. Capelão do Papa é um título honorífico, conferido por concessão especial a presbíteros considerados dignos, que estão a serviço da Santa Sé. Com o título de capelão, padre Flávio passa a ser chamado de monsenhor Flávio José Profito.
“Ao Santo Padre Francisco a nossa gratidão por ter eleito o padre Flávio, do clero de nossa Diocese, como um de seus capelães, a nossa oração e obediência filial. Ao monsenhor Flávio, as nossas orações, a fim de que, com zelo e dedicação, continue exercendo seu trabalho junto à Santa Sé.”, comentou o bispo. O chanceler do Bispado, padre Marciel Silva de Lima, disse que viu a eleição do padre Flávio entre os capelães de Sua Santidade, como algo muito natural em função do digno trabalho que ele tem realizado junto à Congregação para os Bispos.
O monsenhor Flávio, por sua vez, em entrevista ao O Combate, que não esperava este título. “Para mim foi realmente uma surpresa. Recebo este título honorífico do Santo Padre com muita humildade e com o propósito de empenhar-me ainda mais em tudo aquilo que a Igreja me confiar. Este título não deixa de ser também uma homenagem à nossa Diocese de Jaboticabal, à qual pertenço e que sempre procurei servir com dedicação e representá-la com responsabilidade. Com este título, confirma-se na minha consciência a passagem do Evangelho de Lucas na qual Jesus diz ‘a quem muito foi dado, muito será pedido; a quem muito foi confiado, dele será exigido muito mais’. Foi uma grata surpresa”, comentou monsenhor Flávio.
Flávio José Profito nasceu no dia 22 de julho de 1977, em Monte Alto. De 1995 a 2001 estudou Filosofia e Teologia no Seminário Maria Imaculada de Brodowski (SP). Foi ordenado sacerdote no dia 7 de dezembro de 2001, em Monte Alto. De 2002 a 2010 exerceu seu ministério em Jaboticabal. Foi para Roma em setembro de 2010 para estudar Direito Canônico na Pontifícia Universidade Gregoriana, onde concluiu o Mestrado em 2013 e deu continuidade aos estudos para o Doutorado. Convidado para prestar seus serviços no Vaticano, iniciou seu trabalho em 1º de fevereiro de 2015 como Oficial da Congregação para os Bispos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.