Uma manhã recheada de alegria, emoção e lições

11

“O essencial é invisível aos olhos”. O recado, dado há anos pelo escritor francês Saint-Exupéry, no livro “O Pequeno Príncipe”, chegou aos ouvidos e corações das crianças e jovens que são abrigados no Lar do Caminho, instituição mantida pela Sociedade Espírita Cristã Irmão Vicente (Seciv). E a lição foi passada de forma lúdica, já que a frase mais célebre do livro “O Pequeno Príncipe”, usada para ressaltar a importância dos sentimentos e do caráter no dia a dia, foi apresentada na animação “O Pequeno Príncipe”, na manhã do último sábado, dia 8 de junho, pelo grupo de voluntários UCBemVET, formado por colaboradores da centenária empresa UCBVET Saúde Animal, de Jaboticabal, com o objetivo de promover ações sociais e contribuir com pessoas e instituições carentes.
O filme do diretor Mark Osborne não é propriamente uma reprodução do livro de Saint-Exupéry, mas uma captura de sua essência. A história do menino que vivia solitário em um asteroide e, viajando pelo espaço encontrou um aviador perdido no deserto, está no longa-metragem, mas a trama principal gira em torno de uma pequena garota, que leva uma vida bastante regrada devido à obsessão da mãe em controlar absolutamente tudo à sua volta. A Pequena Garota encontra o excêntrico Aviador, que a introduz ao mágico mundo do Pequeno Príncipe. Neste mundo em que tudo é possível, a Garota aprende a redescobrir sua infância. A importância de valorizar esta fase da vida foi outro recado passado pelo animado grupo da UCBVET, que passou a manhã inteira divertindo a criançada do Lar do Caminho e, acima de tudo, divertindo-se e aprendendo muitas lições. O momento foi de troca e ambos os lados saíram ganhando: quem fez a ação e quem recebeu a visita.
Após a apresentação do filme, que foi regada a pipoca em baldinhos personalizados especialmente para a ocasião, um jogo de perguntas mobilizou os moradores do Lar. As respostas corretas foram premiadas, o que deixou a turma bem animada e já no pique para a próxima atividade: a simulação de um voo divertidíssimo, que mais do que brincadeira consolidou os valores passados pelas mensagens do filme, uma delas “nunca perder a imaginação”. O “voo” foi regado a música e, com olhos vendados, explorando ao máximo sua capacidade de imaginação, a tripulação aqueceu as turbinas para a próxima atividade: a apresentação do VET & Vozes, o coral da UCBVET.
Além da execução de músicas que levaram as crianças a cantar junto, o VET & Vozes fez uma animada coreografia, que encerrou a programação e fez todo mundo chacoalhar. A sensação de alegria era geral e o gostinho de “quero mais” ficou não só nos hospitaleiros moradores do abrigo, mas também nos voluntários da UCBVET, que mostraram não só os valores de sua empresa, mas seus próprios valores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.