Confraria Recanto Doce: sabores e aromas unindo pessoas

17

Tem prazer maior do que encontrar os amigos, saboreando um bom prato, degustando um bom vinho? Este clima delicioso foi o que aconteceu na última quinta-feira, na Padaria Recanto Doce, que há algum tempo deixou de ser exclusivamente uma padaria e passou a ser um espaço de experiências deliciosas, em todos os horários: no café da manhã, no brunch, no almoço, no lanche da tarde e agora com mais este serviço. O espaço multifuncional virou um ponto de encontro, regado a quitutes (pratos deliciosos!) e vinho. Trata-se do primeiro encontro da Confraria Recanto Doce, que aconteceu na noite da quinta-feira da semana passada, dia 24/09.
A primeira reunião foi aberta ao público, com vagas limitadas. “Uma parte dos convites foi vendida pela sommelier Carla Cavalcante e a outra, pela chef Bárbara Gerbasi, que criou o menu degustação harmonizando com os vinhos da noite. Nós também tínhamos convite”, explicou Marcus Bari, um dos sócios da Recanto Doce. Foram servidos três tipos de vinhos. “Abrimos com uma entrada e um espumante. No segundo prato harmonizamos com um rosé. Já o terceiro prato foi servido com um vinho tinto”, comentou.
Marcus conta que a motivação do evento surgiu após sua participação e de seu sócio, Otílio Cazarin, em um grupo de apreciadores de vinhos e após as experiências de ambos em vinícolas no Chile, e a Cave de Veuve Cliquot – em Reims, na França. “O objetivo do encontro é sempre inovar e pensar no bem estar dos nossos clientes, trazendo novas experiências, diversificando e aumentando nossos mix de produtos e ser mais do que uma padaria, mas sim fazer com que a Recanto Doce seja um local de convivência extremamente agradável. Nossos clientes são nossos maiores tesouros, o que nos incentiva a suprir suas necessidades e superar suas expectativas”, contou Marcus, completando que a ideia dos proprietários é tornar a Confraria um encontro bimestral de amigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.